Casados para Sempre?

Com certeza, a expressão “Casada para Sempre”, sempre vai provocar interrogações rasgadas, estapafúrdias, esdrúxulas, na atual geração. Casamentos eternos, bodas de ouro, de diamante é coisa do passado, da geração das bisavós; dos avós, com alguns arranhões, e não mais dos nossos pais. A filosofia que predomina hoje é a filosofia do poeta: Seja eterno […]

Flores do caminho.

É fato que o espírito da pós-modernidade, com a sua principal característica: o consumismo, alterou e continua alterando sensivelmente a forma como a pessoa se relaciona consigo mesmo e com o outro, o que se chama de subjetividade. Pois bem! O tal consumismo é cruel, perverso e insano. Tira de todos nós, sem dó nem […]

Mimosa pudica.

Mimosa pudica: possivelmente, se o leitor não for um botânico ou um profundo amante da natureza, e, sobretudo, daqueles que gostam de observar em detalhes, não saiba o que seja a Mimosa Pudica. Mas é possível que conheças alguns destes nomes: dorme-dorme, planta-sensitiva, dormideira, arranhadeira, caá-eó, erva-viva, iuquiri, junquer, juquiri, juquiri-rasteiro, malícia, malícia-das-mulheres, malícia-de-mulher, malícia-roxa, morre-joão, […]

Dízimos e Ofertas

O presente texto não visa estabelecer, dogmaticamente, nenhuma posição quanto ao assunto. E também não é uma versão sobre liturgia! É um apanhado discursivo em torno de um tema que, em muitos casos, tem sido usado de forma quase que totalmente mecanicista. Por outro lado, considerando o contexto de sentido que as coisas fazem para […]

Um Homem carregando um cântaro

Jesus instrui Pedro e João que preparem a lugar onde celebrará a páscoa com os seus discípulos. Certamente este evento é o mais importante no contexto da relação ministerial de Jesus diretamente relacionado aos seus discípulos (e apóstolos). O texto de Marcos 14:13 e Lucas 22:10  falam do Sinal para encontrar o lugar de celebração da […]

A fé…se…

Soren Kierkegaard, em Temor e Tremor, no tópico “Elogio de Abraão“, nos faz pensar qual teria sido o desfecho da fé se, no alto do monte em Moriá, tomado pela angústia, diante do eminente ato sacrificial de Isaque, deferisse um mortal golpe contra o seu próprio peito. Então, o que seria da fé?