Dízimos e Ofertas

dizimo-270x270.

O presente texto não visa estabelecer, dogmaticamente, nenhuma posição quanto ao assunto. E também não é uma versão sobre liturgia! É um apanhado discursivo em torno de um tema que, em muitos casos, tem sido usado de forma quase que totalmente mecanicista. Por outro lado, considerando o contexto de sentido que as coisas fazem para os sujeitos, ainda que busquem a maior neutralidade acadêmica, para este autor, o sentido de contexto é importante, pois isto, certamente, não lhe conduzirá para posições de conveniência religiosa.

            Centramos as atenções no primeiro Capítulo onde procuramos definir o significado de dizimar e ofertar, a partir do lugar bíblico, e assim, inevitavelmente, este lugar passa pelo sentido. A teologia, assim como a maioria das ciências sociais, estriba-se para se estabelecer como ciência. Mas, a teologia, a partir dos fundamentos empiristas, não tem como se firma enquanto ciência, sobretudo, na reprodução dos experimentos; aliás, não há como se experimentar teologia; pelo contrário, ela é experienciada. Assim, a relação com sentido, o sentido de quem vive, que experimentou, de quem teve relação com os conteúdos bíblicos, é de grande relevância. Portanto, quando falamos em “definir significado de dizimar e ofertar”, passa por este universo do sentido, sem que a minha experiência debruce sobre o texto, num processo de adequação, mas, num movimento contrário, o texto me leva ao encontro do sentido.

 compre-aqui4

About the author: prfrankribeiro

Leave a Reply

Your email address will not be published.